Presença de navios da Rússia, do Canadá e dos EUA nas imediações de Cuba aumenta tensão entre o Ocidente e o país de Putin

  • 14/06/2024
O aumento da tensão na ilha de Cuba acontece duas semanas depois de Biden autorizar a Ucrânia a conduzir ataques limitados dentro da Rússia com armas fabricadas nos Estados Unidos. Navios de guerra nos arredores de Cuba aumentam tensão entre Rússia e Ocidente A presença de navios da Rússia, do Canadá e dos Estados Unidos nas imediações de Cuba aumentou o clima de tensão entre o Ocidente e o país de Vladimir Putin. O navio da Marinha canadense chegou bem cedo, nesta sexta-feira (14), às águas de Havana. Poucas horas depois de o submarino de ataque rápido americano atracar na base naval de Guantánamo, em Cuba. Embarcações russas foram as primeiras a chegar, na quarta-feira (12). Três navios e o submarino nuclear Kazan tinham participado de um treinamento com mísseis de alta precisão no Oceano Atlântico. Nos últimos dias, centenas de cubanos visitaram a fragata russa - que deve permanecer no porto de Havana até dia 17. Os três países negam que o envio de militares ofereça ameaça. O conselheiro de Segurança Nacional, Jake Sullivan, minimizou as preocupações e disse que movimentações militares russas em Cuba já foram feitas durante governos anteriores. Já a porta-voz do Ministério de Relações Exteriores russo disse que o Ocidente nunca presta atenção quando a Rússia usa canais diplomáticos. “Por que apenas sinais relacionados ao nosso Exército e à nossa Marinha chegam ao Ocidente?”, questionou Maria Zakharova. Em 1962, a então União Soviética desembarcou mísseis nucleares em Cuba, provocando um bloqueio naval americano à ilha. O evento é considerado o momento mais tenso da Guerra Fria. Um acordo entre soviéticos e americanos, mantido em segredo por anos, pôs fim à ameaça e abriu caminho à retirada das armas da ilha cubana. O aumento da tensão na ilha de Cuba, que fica a apenas 160 km do estado da Flórida, acontece duas semanas depois de o presidente americano autorizar a Ucrânia a conduzir ataques limitados dentro da Rússia com armas fabricadas nos Estados Unidos, abrindo o que pode ser um novo capítulo na guerra da Ucrânia.

FONTE: https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2024/06/14/presenca-de-navios-da-russia-do-canada-e-dos-eua-nas-imediacoes-de-cuba-aumenta-tensao-entre-o-ocidente-e-o-pais-de-putin.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 5

top1
1. Raridade

Anderson Freire

top2
2. Advogado Fiel

Bruna Karla

top3
3. Casa do pai

Aline Barros

top4
4. Acalma o meu coração

Anderson Freire

top5
5. Ressuscita-me

Aline Barros

Anunciantes